Coisas de trintona...

Maio 17 2004
Pois, o meu 34º aniversário. Sou mesmo «trintona»! E aqui estou eu, ao fim de uns meses após o 1º artigo, ainda desempregada, mas muito mais amada. O meu amor continua de vento em popa (Aleluia!). O verão está quase aí e Setembro será de novo o mês das reentrés: mudo-me para a minha casa e começo novo trabalho (se tudo correr bem).

Continuo o meu novo lema e espero perpétuá-lo: só vivemos uma vez (até ver) e a vida é feita de muita incerteza, e por isso há que aproveitá-la ao máximo e valorizar sempre o lado bom das coisas e valorizar o que se tem. É por isso que embora continue a lutar por uma mudança profissional, já não passo o tempo angustiada e ansiosa e rancorosa e agressiva; luto com esperança. E vivo ao máximo o meu amor, carinho e paixão, como nunca tive até hoje. Costuma dizer-se que só damos valor às coisas quando as perdemos. Pois eu neste momento estou a dar muito valor a uma coisa que só agora tenho e que agora que tenho não quero perder: o amor sincero de um homem. É verdade, nunca tinha tido isso.

E tenho visto que há pequenas coisas que valem muito mais que os arrebatamentos. E que é na simplicidade que encontramos a essência das coisas. E simplicidade não é sinónimo de «simplismo». Simplicidade, clareza, transparência, harmonia, paz, amor, carinho, cor, aromas... São algumas das palavras que me povoam neste meu 34º aniversário.

E peço desculpa se vos deixei durante tanto tempo, mas tenho estado a beber este meu estado de alma.
publicado por 30girl às 15:00

Parabens! E vive esse amor com a intensidade que so agora consegues valorizar
Trintapermanente a 18 de Maio de 2004 às 16:20

O blog da segunda adolescência.
mais sobre mim
Maio 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
18
19
20
21
22

23
24
25
27
28
29

30
31


pesquisar
 
blogs SAPO