Coisas de trintona...

Janeiro 15 2004
É incrível como às vezes chegamos à conclusão de que provavelmente não conseguimos conhecer ninguém verdadeiramente. É algo que custa muito. Recentemente aconteceu-me isso.

É estranho como as pessoas podem mudar tanto e tão depressa! Ou não; simplesmente sempre foram assim e de repente revelam-se. Ou então nós é que nunca reparámos.

Se calhar é um risco que corremos e temos que correr sempre na nossa vida.
publicado por 30girl às 00:54


Guando o ceu estiver em cinsas a deramarse em agua lembrece da colheita farta dos canpos e nas flores do jardim . De uma olhada nas fotos temo uma banda com cinco guitarras.Fernando Cravalho
undergroundv a 31 de Maio de 2004 às 02:10

A vida é uma permanente lição, estamos sempre a aprender e muitos vezes apredemos certas coisas da pior maneira possivel. Por mais que doa, por mais que magoe, temos de ter a capacidade de transformar a dor e força, a ferida em escudo, e partir rumo ao dia que se seja ao de hoje. Só que é puro de alma e verdadeiro de sentimentos merece que também o sejamos. Para tal, de facto, é preciso "sentir" as pessoas, por mais perigoso que essa tarefa possa ser. Sim, penso que seja perigoso porque nada é claro, nessa conquista temporal, é por mais que achamos que a realidade é a verdadeira e natural, esta pode esconder a sombra e a dúvida.
Viver um dia de cada vez, tentando sermos nós próprios, sempre... e nunca nos darmos sem antes nos conhecermos e sentir o que vai dentro do nosso coração. Antes de partilhar, temos que nos perceber... só assim seremos verdadeiros e reveladores do somos, e do que sentimos, para quem realmente nos quer bem. BJS e Abraços a todos!!
Paulo Ferreira a 5 de Fevereiro de 2004 às 19:04

Umas vezes somos vitimas outras carrascos. Cest la vie!
trintapermanente a 4 de Fevereiro de 2004 às 23:29

Vocês têem de se libertar dos fantasmas do passado e darem oportunudade a que novas amizades possam «entrar nas vossas vidas». A partilha de pequenas confidências, de alegrias e tristezas com os amigos faz-nos crescer! ao longo do vosso percurso irão decerto encontrar desilusões, algumas que vos magoarão porque partem de quem menos esperavam! não deixem que isso vos modifique. Apenas, sigam em frente. :-)
Algum a 22 de Janeiro de 2004 às 10:50

"É estranho como as pessoas podem mudar tanto e tão depressa! Ou não; simplesmente sempre foram assim e de repente revelam-se. Ou então nós é que nunca reparámos."

Ao ler estas frase apercebi-me que afinal de contas não sou o unico a sertir tão sensação.

Perguntei-me mil e uma vezes que mal tinha feito depois de ver nessa pessoa alguèm em quêm podia confiar e partilhar uma grande parte do que sou.. essa pessoa simplesmente era falsa e mostrava o oposto... apunhalou-me por tràs e ficaram marcas irreversivèis na minha memòria... serà que serei capaz de dar tanta amizade de novo para ser traido um dia mais tarde... serà que existem pessoas realmente sinceras e capazes de ser simples e não maldosas... eis a minha duvida...!?

Compreendo-te perfeitamente... vivi (o) o mesmo !
Bordas a 17 de Janeiro de 2004 às 11:20

Ok, Mago, e que significa isso do «sentir» a pessoa? Como se pratica isso?
30girl a 15 de Janeiro de 2004 às 15:29

Se calhar... Mas existe uma maneira segura de conhecer alguem... sentindo-a.

O MAGO\montanha magica a 15 de Janeiro de 2004 às 01:03

O blog da segunda adolescência.
mais sobre mim
Janeiro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO